Clica.net
Publicar Conteúdo
05/08/2016 - Câncer de Mama: Pesquisas Atuais sobre o Assunto

Não se trata apenas de hereditariedade. Quando as japonesas se mudam para outras áreas, como o Havaí, e adotam uma dieta em estilo ocidental, seus índices de câncer de mama aumentam muito e podem igualar-se aos das mulheres ocidentais. Será surpreendente que os cientistas suspeitem que exista algum segredo poderoso na dieta asiática que previna o câncer de mama ou alguma coisa na dieta ocidental que o estimule - ou ambos?

Os pesquisadores precisarão de muito tempo para descobrir essas respostas. Mas eles começaram a desvendar alguns desses segredos e, atualmente, há no mínimo indícios suficientes que mostram às mulheres que desejam escapar e se defender do câncer de mama quais são os alimentos mais e menos convenientes.
Em cada nove norte-americanas, uma terá algum dia um diagnóstico de câncer de mama.

O câncer de mama perde apenas para o câncer pulmonar como causa de mortes provocadas pelo câncer. Contudo, algumas autoridades acham que mudar a alimentação pode deter o avanço do câncer de mama.

Em artigo no Journal of the National Cancer Institute, Richard Peto, autoridade inglesa, declarou que mudanças na dieta alimentar podem prevenir até 50% de todos os cânceres de mama.

Em testes realizados em mulheres e homens, o componente do repolho "aumentou" o processo de desativação do estrogênio em cerca de 50% dos casos. A dose de teste, como acontece normalmente, excedeu a quantidade ingerida normalmente pelas pessoas: 500 miligramas diários de indol-3-carbinol, a quantidade contida em aproximadamente 400 gramas de repolho cru. Mas a ingestão de uma quantidade menor também diminuiria os níveis de estrogênio.

Além disso, sabe-se que as mulheres com metabolismo de estrogênio elevado correm menor risco de cânceres dependentes de hormônios, por exemplo, câncer de mama, útero e endométrio.

Ele suspeita que, em parte, a menor incidência de câncer de mama em mulheres asiáticas deva-se à grande ingestão de vegetais crucíferos, inclusive o repolho chinês.

Em talos alimentados com indóis provenientes de vegetais, os índices de Câncer de mama diminuíram drasticamente. Pesquisadores do Centro de Câncer de Epley, na Universidade de Nebrasca também descobriram que animais alimentados Com vegetais crucíferos, especialmente repolho e couve, apresentam menor ocorrência e disseminação ou metástase de cânceres de mama.

Os indóis anticancerígenos também estão presentes em altas concentrações em outros vegetais crucíferos, inclusive a couve-flor, brócolis, couve-de-bruxelas, couve, folhas de mostarda e nabos. Para potencializar esse efeito, aconselha oDr. Michnovicz, coma os crucíferos crus ou levemente cozidos. O cozimento profundo tende a destruir os indóis, diminuindo seu efeito contra o estrogênio e contra o câncer.

Vale lembrar que é necessário realizar o toque de mama regularmente. Na presença de dores abdominais, presença de corrimento branco, dores nos seios, hemorroidas externas acompanhadas de sangramento constante dentre outros incômodos relacionados ao corpo da mulher, é também necessário procurar um médico.

Autor: Renata

Comentários

Pesquisar


Facebook


Parceiros



Parceiros: Bolsa de Valores | CPMStar Sponsorship Code
© Clica.net - Todos os Direitos Reservados