Clica.net
Publicar Conteúdo
13/04/2011 - Quadrinhos, personagens, enfim: Cosplay

Você gosta de ler? Lê jornais? Livros? Lê na internet?

A leitura se faz em diversos meios, mas você que não se atrai por infinitas entrelinhas, muitas vezes cansativas até pelo tamanho da fonte, talvez desconheça uma forma mais dinâmica de leitura, os quadrinhos.

Os quadrinhos chamam a atenção de diversos públicos pela junção de texto e imagem. Eles podem ser encontrados até em simples tirinhas nos jornais, como as famosas tiras da Turma da Mônica e do Calvin.

A 9ª arte se mistura com a fantasia do cinema e célebres personagens que se mesclam no mundo animado nas telonas e em muitas revistas.

Para se ter idéia, a primeira história do super homem ?nasceu? em 1938, sendo que os quadrinhos existem há 111 anos. O rato famoso que atrai diversas idades em seu mundo da fantasia, Mickey Mouse, apareceu em sua primeira revista em 1905.

Homem aranha, super homem, mulher maravilha e Batman são alguns dos mais conhecidos. Cada um com suas características pré-definidas, combatendo o crime e inúmeras maldades. Obviamente, há muitos personagens que ?caíram? nas graças do público por sua atuação, ainda que fossem vilões, como é o caso do Coringa, vezes do mal e vezes cômico.

A grande questão envolvida é a evolução mesmo nos quadrinhos. Muitos personagens que antes usavam somente uma capa e uma máscara, hoje, tomam formas distintas, assim como podemos ver nos desenhos japonês, os mangás, desenhos irreverentes que dominam as televisões e as revistas, feitas em jornal ou em papel reciclado.

Os desenhos japoneses ganharam força na década de 80. Dentre os mais conhecidos desenhos, podemos citar Dragonball e Pokémon e, hoje, o ?queridinho? que é sucesso, Naruto.

Por fim, nos deparamos com os COSPLAY, trabalhados por COSPLAYERS. Cosplay significa: cos = costume e play = brincadeira, ou seja, são pessoas que têm adoração por personagens de desenhos e se vestem, se fantasiam, buscando a perfeição em suas performances, de modo a participar de concursos. Para os cosplayers, isso é um hobby, como tocar um instrumento, no entanto, um hobby um tanto quanto caro, uma vez que para confeccionar fantasias, eles gastam, dependendo da fantasia, em média R$ 200, o que pode variar, dependendo dos adereços, chegando a mais de R$ 1.000.

Esses eventos estão cada vez mais se disseminando pelo mundo, vindos do Japão, porém, ainda é algo que, no Brasil, está ganhando forma, diferente do Japão, onde as pessoas, em sua maioria, saem vestidas e não há estranheza por parte das pessoas.


Comentários

Pesquisar


Facebook


Parceiros



Parceiros: Bolsa de Valores | CPMStar Sponsorship Code
© Clica.net - Todos os Direitos Reservados